Arigurte

Feira PET reúne expositores e movimenta o mercado do setor em Porto Velho

Vacinas

O Governo de Rondônia, por meio da Secretaria de Estado do Desenvolvimento Econômico – Sedec, em parceria com o clube de cães do estado de Rondônia e o Conselho Regional de Medicina Veterinária de Rondônia – CRMV/RO, realiza até o próximo dia 6 de setembro a primeira feira pet de Porto Velho. O objetivo é fomentar o cenário econômico voltado para o mercado pet no Estado, estimulando e atraindo empresas do ramo.

Chicó e Amora se deliciaram com o picolé de vegetais vendido durante a feira pet

A feira acontece no pavilhão na avenida Jorge Teixeira, sub esquina com a Avenida Tiradentes, sentido Espaço Alternativo. As exposições de cães iniciam as 14 horas e os estandes abrem as 18 horas, encerrando as atividades às 22 horas. O governador em exercício e secretário da Sedec, Sérgio Gonçalves, destacou durante a cerimônia de abertura que, “o mercado pet é o segundo que mais cresce no Brasil e representa movimentação de emprego e renda, e o Governo de Rondônia vem apoiando as empresas do setor. Tudo começou com a primeira feira pet realizada durante a última Rondônia Rural Show Internacional, em Ji-Paraná”.

A novidade tem deixado os tutores animados. A funcionária pública Bruna Kalki trouxe o casal de cães da raça maltês para a feira. Chicó e Amora se deliciaram com o picolé de vegetais. “O Chicó adorou, já devorou o dele e agora está querendo o da Amora também, comprei ainda os petiscos naturais. Não conhecia e foi bom saber que agora temos essa diversidade de produtos em Rondônia”, salientou.

Segundo o médico veterinário Anilton Júnior, presidente do CRMV/RO, “o mercado pet é o terceiro maior do mundo, conta com mais de 300 milhões de animais, e hoje rende em torno de R$ 60 bilhões de reais em faturamento. “São 45 empresas expositoras que estão trabalhando a divulgação de suas marcas no pavilhão, e realizando a venda de produtos com valores promocionais exclusivos para os dias da feira”. A empreendedora de confeitaria pet, Rauriane Araújo é um exemplo disso. “Eu era confeiteira tradicional e migrei para o setor pet que vem crescendo bastante e não tinha aqui em Porto Velho. Investi nos petiscos naturais e nas festas pet com produtos especiais para cães e gatos”, destacou.

A Polícia Civil tem quatro cães de raça Pastor Belga que localizam drogas sem a necessidade de equipamentos

Os visitantes também podem assistir às competições que reúnem mais de 100 cães competidores de Rondônia e de várias partes do país, sendo julgados por mais de 20 juízes do Brasil e outros seis países (Argentina, Equador, Estados Unidos, Porto Rico, Chile e Uruguai), sendo esta, uma etapa nacional das competições homologadas pela Confederação Brasileira de Cinofilia – CBKC.

Outra atração na abertura da feira pet foi a apresentação de cães de raça da Polícia Civil – PC do estado de Rondônia, que atuam no combate ao tráfico de drogas. De acordo com o delegado Raimundo Mendes, da Delegacia de Narcóticos – Denarc, “a Polícia Civil tem hoje quatro cães de raça Pastor Belga e com eles já conseguimos apreender mais de 200 kg de cocaína, sem a necessidade de equipamentos “, finalizou.

Vacinas

Compartilhe

Almi Coelho

Almi Coelho

Este site acompanha casos policiais. Todos os conduzidos são tratados como suspeitos e é presumida sua inocência até que se prove o contrário. Recomenda-se ao leitor critério ao analisar as reportagens. Nós usamos cookies em nosso site para oferecer a melhor experiência possível.

Para mais informações sobre e-mail
[email protected] whatsapp(69)984065272

Comentários

Feito com muito 💜 por go7.com.br