Programa Peixe Saudável aplica boas práticas de manejo para avançar no desenvolvimento da piscicultura

Vacinas

Para manter Rondônia no posto de um dos maiores produtores de peixes em cativeiro, o Governo do Estado, por meio da Secretaria de Estado da Agricultura – Seagri, criou o Programa Peixe Saudável, ferramenta utilizada pelos técnicos para aplicar as Boas Práticas de Manejo – BPM, nas propriedades rurais. O projeto tem por objetivo, a capacitação continuada de técnicos dos escritórios locais da Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural de Rondônia – Emater/RO e dos piscicultores atendidos diretamente pelo programa, além de realizar levantamento sanitário, custos e receitas de produção do Tambaqui com laboratórios móveis nas microrregiões Central, Vale do Jamari e Madeira-Mamoré.

Até o final de 2022, foram atendidos pelo Peixe Saudável, 1.876 piscicultores e realizadas 1.069 análises nos tanques de Tambaqui, nos polos Madeira-Mamoré, Central, Vale do Jamari, Cone Sul, Rio Machado, Zona da Mata e Vale do Guaporé.

Segundo o relatório de prestação de contas do convênio firmado entre a Seagri e Emater, a ação de gestão do empreendimento piscícola tem alcançado excelentes resultados, tendo em vista que, o levantamento dos índices zootécnicos dos animais estocados, custos e receitas da produção têm permitido a identificação das falhas no manejo da atividade, cuja correção refletiu de forma objetiva nos resultados.

De modo geral, o serviço de acompanhamento detalhado das unidades de observação implantadas pelo programa, resultou na redução direta do custo de produção e permitiu uma venda mais consciente dos piscicultores envolvidos, de modo que estavam cientes dos valores mínimos que poderia efetuar a venda sem colocar em risco sua atividade.

Para o governador Marcos Rocha, a ação do programa é mais um dos pilares de desenvolvimento da cadeia produtiva de Rondônia. “Os números só crescem na agricultura, graças aos técnicos que estão empenhados na aplicação das boas práticas nas propriedades rurais. O Governo de Rondônia vem trabalhando no incentivo quanto aos investimentos neste segmento que resultam em resultados positivos ao Estado”, explicou.

s

O secretário de Estado da Agricultura, Luiz Paulo enaltece a parceria com a Emater para levar mais ações aos piscicultores em Rondônia. “Esse alinhamento é fundamental para nosso crescimento”, afirmou.

O produtor Valtair Francisco de Souza, que possui 4,7 hectares de lâmina d’água em sua propriedade, localizada na BR-364, entre Ouro Preto e Ji-Paraná, é um dos escolhidos pela Emater para as ações do Programa Peixe Saudável. Valtair Francisco diz que, os técnicos fazem inspeções constantes para garantir a qualidade do peixe e da água, através de testes laboratoriais. Ele espera reduzir os custos de produção com as planilhas de gestão entregues pela Emater. O piscicultor investiu na criação de Tambaqui, Pirarucu e Jatuarana. São dois tanques e um berçário.

Programa Peixe Saudável foi criado pela Seagri para atender à Instrução Normativa nº 4 do Ministério da Pesca, que institui o Programa Nacional de Sanidade de Animais Aquáticos de Cultivo – Aquicultura Sanidade. Pela normativa, todos os produtores devem estar cadastrados e atendidos pelo programa.

Neste ano, o Programa Peixe Saudável continua com as capacitações junto às unidades de observação, a realização dos exames laboratoriais e gestão das propriedades.

Vacinas

Compartilhe

Almi Coelho

Almi Coelho

Este site acompanha casos policiais. Todos os conduzidos são tratados como suspeitos e é presumida sua inocência até que se prove o contrário. Recomenda-se ao leitor critério ao analisar as reportagens. Nós usamos cookies em nosso site para oferecer a melhor experiência possível.

Para mais informações sobre e-mail
[email protected] whatsapp(69)984065272

Comentários

Feito com muito 💜 por go7.com.br